Goioerê, segunda-feira, 17 de junho de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Goioerê

31/08/2018

Coletiva de Imprensa apresentou Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê

Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê

Na manhã desta sexta-feira, 31, foi realizado uma coletiva de imprensa para apresentação dos 61 Venezuelanos que chegaram no complexo das Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê.

Participaram da coletiva, Sérgio Marques - Subgestor Nacional das Aldeias Infantis SOS Brasil, o prefeito de Goioerê Pedro Coelho, a secretária de Assistência Social, Simone Coelho, os vereadores Jaci da Silva, Joaquim José Soares e o presidente da Câmara Patrik Pelói, Juliana Mendes Chefe do Escritório Regional da Família de Desenvolvimento Social, Elenita de Cássia M. Mortean da 11ª Regional de Saúde da Secretária Estadual de Saúde do Paraná e um casal de Venezuelanos.

O Projeto Brasil sem Fronteiras, que está sendo realizado em Goioerê, é um projeto das Aldeias Infantis S.O.S Brasil, que é financiado pela Acnur (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados) que é um braço da ONU, que esta sendo integrado ao Projeto de Interiorização do Governo Federal, Que tem como finalidade o mais urgente possível, tirar o maior número de Venezuelanos que estão concentrados em Boa Vista e Pacaraima para outros Municípios de Estados Brasileiros. Sérgio disse que já é o 5º processo de interiorização realizado com os Venezuelanos e as Aldeias Infantis S.O.S, completando assim 300 pessoas encaminhadas em cinco Estados Brasileiros onde a as Aldeias atuam.

Perguntado ao casal venezuelanos qual é o sentimento em deixar a pátria, e em relação ao presidente e as condições do País, disse que agradece a Deus pela possibilidade de estar aqui e agradeceu as autoridades Brasileiras pelo acolhimento, mesmo sendo um País que não tem o mesmo idioma, mas que o sentimento atual é de que somos Países Irmãos, esta triste em abandonar os seus pais, que sair da Venezuela e adotar um País como Brasil, o presidente Maduro os considera como traidores, que sente a dor pela Venezuela, pela falta de alimento, que pessoas estão morrendo nos hospitais por falta de medicamento e falta de segurança.

Pedro Coelho, Prefeito de Goioerê agradeceu ao Governo Federal, a Acnur, ONU e as Aldeisas S.O.S, dizendo que o local onde os venezuelanos foram alocados tem uma história muito bonita de vida, que no passado acolheu muitas crianças dando um futuro digno atavés de estudo, levando a cidadânia  e abrindo o mercado de trabalho, e hoje nós temos várias crianças que aqui passaram que hoje são verdadeiros cidadãos, este complexo ficou muitos anos parado, que o sítio é uma estrutura muito boa. Resaltou que o município de Goioerê recebeu com os braços abertos colocando-se a disposição todas as secretarias para o amparo legal para os Venezuelanos. 

Disse que a realidade vivida pelos venezuelanos, é um momento dificil, uma crise política e financeira, muitas vezes a população por falta de informação e conhecimento mais profundo, teve uma pequena parte que não recebeu com bons olhos a vinda destas famílias, mas que agora já foi superado e que ele como gestor público, acolheu e da as boas vindas para estas pessoas que neste momento precisa de todos nós Brasileiros.

Monica Souza, Secretária de Saúde do Município disse que esta realizando com responsabilidade e humanidade todo atendimento que eles estão necessitando,  não só do acolhimento pessoal e coletivo, que a principio já foi criado uma estrutura para ser enviada para a Aldeia para realizar qualquer tipo de acompanhamento, que a população não precisa se preocupar com doenças contagiosas porque isso já foi verificado em outro momento no Brasil, e que a secretaria de saúde e vigilância sanitária esta tomando todas as precausões necessárias para este acolhimento. 

De acordo com Sérgio - Subgestor Nacional das Aldeias Infantis SOS Brasil, em 30 dias será convocado novamente a imprensa para apresentar o primeiro balanço, e que manterá neste prazo atualizada as informações sobre a empregabilidade e saída deles do projeto para seus locais próprios.

 

 

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | JAIRO TOMAZELLI | FOTOS: WELINTON TOMAZELLI

Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê
Coletiva de Imprensa apresentou  Venezuelanos que já estão no complexo da Aldeias Infantis SOS Brasil em Goioerê

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal