Goioerê, domingo, 22 de setembro de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Paraná

02/09/2019 | Concebido por Campo Mourão

Rota da Fé chega aos 12 anos Unindo Romaria à Pé, Família, Oração e Reflexão

Rota da Fé chega aos 12 anos Unindo Romaria à Pé, Família, Oração e Reflexão

No dia 7 de Setembro, ao completar doze anos, a romaria Rota da Fé chega à sua 58ª edição. A Rota da Fé é um movimento inter-religioso caracterizado como uma romaria, com objetivo de visitar lugares considerados sagrados, promovendo contatos com diferentes culturas, costumes e artesanato locais, bem como a gastronomia das comunidades por onde passa, sem deixar de lado o contato direto com a natureza.

A primeira Rota da Fé foi realizada no dia 10 de Outubro 2007, com apenas 78 participantes. A Rota da Fé foi lançada durante o primeiro Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável.

A Rota da Fé hoje

Doze anos depois, cada romaria da Rota da Fé reúne uma média de 600 peregrinos, além de uma equipe de organização que inclui cinco enfermeiros e cerca de 30 pessoas entre monitores (cada ônibus tem 1 ou 2 monitores), grupo de cântico, oração e apoio.

Além disso, em cada ponto de parada existe uma equipe de apoio da comunidade local, responsável por atividades como acolhida, informações, banheiros, ambulância e venda de artesanato e produtos de agricultura familiar.

Cada edição da romaria acontece a cada dois meses, partindo da Catedral de São José, em Campo Mourão, no Paraná, e visitando lugares considerados sagrados de dois municípios da região por vez.

Cada romaria dura um dia, com quatro trechos de caminhada de cerca de 3 quilômetros cada um. Em média, são feias cinco paradas para orações, reflexões e motivação, conteúdo de grande importância na Rota da Fé.

Em cada ponto de parada, a comunidade local acolhe e da um breve histórico da comunidade, e em seguida pessoas da equipe de organização conduzem uma reflexão ou dinâmica.

No total, o roteiro chega a ter até 100 quilômetros, percorridos à pé e de ônibus, movimentando centenas de pessoas direta e indiretamente, envolvendo apoio das prefeituras, empresas, entidades, instituições públicas e mistas, bem como da Diocese de Campo Mourão e das Paróquias.

A participação em cada romaria é aberta a todos e custa 45 reais, valor que abrange transporte, seguro, alimentação, água e frutas. Adolescentes pagam 20 reais e crianças ou pessoas com deficiência são convidadas da organização, com direito a mais um acompanhante.

Objetivo da Rota da Fé: Família em Primeiro Lugar

A idéia da Rota da Fé nasceu de uma equipe de leigos da Diocese de Campo Mourão, implantada a partir da necessidade de criar uma atividade que envolvesse toda a família dos participantes.

A característica do ser humano é ser família, e a família é o lugar onde nós encontramos sentido para a vida. Partindo da necessidade de integrar as famílias, o objetivo principal de cada romaria é de reintegrar os valores e vínculos familiares.

O dia da rota, é compartilhando caminhadas, orações, reflexões, motivação, conscientização e participando de atividades de preservação do meio ambiente, sem jogar lixo na rua e com ações com o plantio de árvores e a soltura de peixes.

O ser humano precisa descobrir as coisas simples e naturais da vida, recuperar a solidariedade como valor a ser vivido, valorizando as coisas simples e naturais, como pedir a bênção, olhar os olhos e dar um abraço.

O que torna o ser humano diferente é a sua essência, que precisa ser cuidada, compreendida e amada. Por isso a Rota da Fé escolheu como Lema “Caminho, Verdade e Vida”, pois quem escolhe o caminho de Jesus jamais se equivocará. Precisamos fazer brotar nos nossos corações a criança, a emoção, a expectativa, a alegria e a felicidade.

A Rota da Fé se propôs a resgatar valores humanos e culturais, conhecendo os atrativos religiosos e naturais da região por onde passa. Os peregrinos vão para fazer turismo, para pedir bênçãos e graças e também para agradecer. A cada edição vemos renascer neles a expectativa, a esperança, a alegria, a felicidade e a cura.

Programação

06:30 – Café da manhã. Oração inicial. Benção.

07:00 – Saída

08:00 – Chegada na Comunidade São Joaquim e Santa Ana- Recepção, benção.

08:30 – Saída caminhada – 3km, até a Imagem de Nossa Senhora Assunção – Caminhada na trilha de Maria. Gruta de São Damião.

Caminhada até o Salto Boicotó.

11:30 – Salto Boicoto – Gruta de Santa Teresinha, oração, e cerimonial com as autoridades.

12:oo – Almoço

13:40 – Saída para o Morro de São Tomé. Oração e Benção.

14:00 – Água do Juca, imagem de Nossa Senhora Aparecida.

14:40 – Chegada na Paróquia São Pedro em Corumbataí do Sul, reflexão com a presença dos Fragmentos da Cruz de Cristo, momento intenso de oração.

15:40 – Saída até o monumento do Cristo Redentor a Pé.

16:30 – Saída para o Santuário de Santa Rita de Cássia em Barbosa Ferraz. Missa de encerramento da 58ª Rota da Fé.

 

Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Cidade Portal pelo WhatsApp (44) 99979-8991 ou entre em contato pelo (44) 3522-7297

PUBLICIDADE

Fonte: CAMPO MOURÃO | CIDADE PORTAL | ASSESSORIA DE IMPRENSA

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal