Goioerê, quarta-feira, 24 de julho de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Goioerê

04/06/2019

Acadêmicos do curso de Direito desenvolve projeto em prol acessibilidade de surdos na área da saúde

Acadêmicos do curso de Direito desenvolve projeto em prol acessibilidade de surdos na área da saúde

Durante a sessão da Câmara Municipal de Goioerê desta segunda-feira, 03, Acadêmicos do 6º periodo do curso de Direito realizaram a entrega ao vereador Patrik Pelói de um projeto desenvolvido em prol a acessibilidade de surdos na área da saúde.

De acordo com a aluna Karine de Araújo Giovanetti, na faculdade existe uma matéria específica sobre projetos, ou seja, é necessário desenvolver projetos que tragam uma melhoria a sociedade. 

O projeto "Libras em Saúde", Atendimento aos Surdos e Mudos nos serviços de Saúde - Acessibilidade e Obstáculos surgiu após uma acadêmica assistir uma reportagem em um programa de tv onde mostrava a dificuldade que um casal de surdos passava para fazer o pré-natal, comovidos com a dificuldade que aquele casal estava passando, pensaram quantos outros deficientes passam pela mesma situação, como fazem quando chegam a um pronto atendimento e não encontram pessoas  qualificadas para conseguir atendê-los. 

Os alunos disseram que uma das maiores dificuldades em desenvolvimento do projeto foi o acolhimento de dados pois não há dados recentes e específicos com informação referente aos deficientes surdos pasmem mas o ultimo censo Segundo as informações adquiridas de 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a deficiência auditiva acomete aproximadamente 9,7 milhões de brasileiros, o que equivale a 5,1% da população total do país.

Então com o apoio do vereador Patrik Peloi decidiram trazer a Goioerê uma lei já existente mas que infelizmente não e aplicada, lei Decreto nº 5.626 de 22 de dezembro de 2005, segundo o qual foi estabelecido que tanto no Sistema Único de Saúde (SUS), como nas empresas que detém concessão ou permissão de serviços públicos de assistência à saúde, deve haver profissionais capacitados para o uso de LIBRAS para tradução e/ou interpretação.

Os surdos, mesmo sendo minoria, devem usufruir de maneira plena os serviços de saúde, bem como ter acesso a informações sobre medicamentos. Assim o projeto foi levado a câmara para ser encaminhado apreciação do prefeito municipal.

 

Créditos do Projeto:

Cledi Carneiro 
Daiane Dantas
Izabela Almeida
João Pedro Mariano 
Karine de Araújo Giovanetti

 

Baixe e conheça mais sobre o projeto logo abaixo da publicidade.

 

Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!

 

Arquivos da matéria

Baixar arquivos

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | JAIRO TOMAZELLI

Acadêmicos do curso de Direito desenvolve projeto em prol acessibilidade de surdos na área da saúde
Acadêmicos do curso de Direito desenvolve projeto em prol acessibilidade de surdos na área da saúde
Acadêmicos do curso de Direito desenvolve projeto em prol acessibilidade de surdos na área da saúde
Acadêmicos do curso de Direito desenvolve projeto em prol acessibilidade de surdos na área da saúde

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal