Goioerê, segunda-feira, 16 de maio de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE

Região

01/02/2022 | Concebido por Campo Mourão

Comcam pede prorrogação de zoneamento do milho safrinha em 13 cidades da região

Comcam pede prorrogação de zoneamento do milho safrinha em 13 cidades da região

A seca que castigou as lavouras de verão na região de Campo Mourão, causando perdas e atraso do manejo das culturas, traz agora outra preocupação a prefeitos e produtores rurais: o prazo do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para implantação da cultura do milho safrinha, que encerra no dia 28 deste mês em alguns municípios. Como a colheita da soja está atrasada, segurando também o plantio do milho, produtores temem não concluir a semeadura dentro do prazo.

Devido a situação, a Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (Comcam), encaminhou ofício à Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, solicitando que alterne o prazo final do Zarc de 28 de fevereiro para 10 de março, o que aumentaria a janela de plantio em 10 dias.

O pedido foi feito para que o zoneamento seja prorrogado especificamente nos municípios de Altamira do Paraná, Araruna, Boa Esperança, Campina da Lagoa, Mamborê, Nova Cantu, Peabiru, Campo Mourão, Corumbataí do Sul, Farol Juranda, Luiziana e Roncador, regiões onde o plantio está mais atraso.

“Tal pedido funda-se na necessidade identificada junto aos produtores e setores produtivos, sendo que inclusive, havia previsão para que esta alteração já fosse feita em 2021, porém não ocorreu”, sustenta a entidade representativa dos 25 municípios da região. Das 25 cidades da Comcam, em 13 (as citadas acima) encerram o prazo de zoneamento no dia 28 de fevereiro, 7 no dia 20 de março e 5 no dia 31, também de março.

“O prazo precisa ser prorrogado excepcionalmente neste ano para estar adequado à realidade climática do Paraná”, destacou o presidente da Comcam, Leandro César Oliveira, prefeito de Araruna, ao lembrar que a região é essencialmente agrícola e que seria ‘injustiçada’ caso o pedido não seja aceito pelo Ministério em relação aos 13 municípios acima listados. “Já basta as perdas que todos sofremos com a estiagem”, ressaltou o presidente.

Conforme os prefeitos destes municípios, em função da estiagem prolongada, muitos agricultores vão plantar em datas posteriores ao encerramento do zoneamento atual, aguardando a conclusão da colheita da soja e retomada das chuvas, correndo o risco de ficar fora do Proagro, seguro agrícola direcionado aos beneficiários do Pronaf.

A Comcam ressalta que a situação foi levada também aos deputados e Senadores que representam a região e o Paraná. Entre os parlamentares, receberam o ofício: Ricardo Barros (PP), líder do Governo Federal na Câmara; Rubens Bueno; Zeca Dirceu; Hermes Parcianello Frangão; e Nelsi Coguetto Maria. O documento também foi direcionados aos três senadores que representam o Paraná no Congresso Nacional: Álvaro Dias; Oriovisto Guimarães e Flávio Arns. “A situação é dramática haja visto a necessidade urgente de prorrogação do zoneamento do milho safrinha nestas cidades”, acrescentou Oliveira.

 

PUBLICIDADE

Fonte: CAMPO MOURÃO | CIDADE PORTAL | ASSESSORIA DE IMPRENSA COMCAM

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados.

Desenvolvido por Cidade Portal