Goioerê, segunda-feira, 16 de maio de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE

Beleza

05/01/2022

8 motivos pelos quais você está tendo mais acne recorrente

8 motivos pelos quais você está tendo mais acne recorrente

A rotina de skincare adequada para o tipo de pele é ideal para prevenir e tratar essa e outras condições

Quase todo mundo já teve ou terá acne em algum momento da vida. No entanto, enquanto esse fator é raro para algumas pessoas, outras sofrem de maneira recorrente com a pele oleosa e acneica, principalmente as mulheres. Em ambos os casos a rotina de skincare adequada para o tipo de pele é ideal para prevenir e tratar essa e outras condições — mas nem sempre é o suficiente.

10 frutas que te ajudam a conquistar uma pele perfeita

 A importância dos ácidos na rotina de cuidados com a pele e como usá-los

Se você segue à risca os cuidados com a pele, e mesmo assim continua sofrendo com a acne, há uma grande hipótese de que algo em sua rotina diária esteja contribuindo para isso. No entanto, vale ressaltar que o melhor método de tratamento é com base em recomendação dermatológica individualizada, visto que as espinhas tendem a ter relação hormonal ou mesmo genética.

Com informações da “Cosmopolitan”, veja a seguir oito possíveis motivos pelos quais você está tendo mais acne recorrente.

Uso de máscara

O uso das máscaras de pano durante a pandemia pode estar contribuindo com as aparições de cravos e espinhas no maxilar, queixo e bochechas. Isso acontece devido ao suor, produção de oleosidade, bactérias e umidade presos sob a cobertura do rosto, criando um ambiente propício à acne.

Para evitar, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) recomenda o uso de máscaras faciais de tecido respirável, bem como realizar a troca por peças limpas e higienizadas. Outra dica é evitar o uso de maquiagem durante esse período, pois pode favorecer a obstrução dos poros.

Rosto e fronha sujos

A sua fronha de travesseiro também pode desempenhar um papel importante na qualidade da pele. Durante o dia, sujeira, oleosidade, maquiagem e poluição se acumulam na pele, por isso é essencial lavar o rosto antes de dormir, pois toda a sujeira pode ser transferida para a fronha e permanecer em seu rosto.

Segundo o dermatologista Joshua Zeichner, a exposição a longo prazo da pele a esse tipo de sujeira, junto com a fricção do rosto contra a fronha, pode promover inflamação e acne.

Além de lavar o rosto antes de dormir, a recomendação é trocar as fronhas todas as noites por peças limpas. Optar por fronhas de cetim ou seda pode reduzir o atrito.

Falta de sono

“O sono é um período de descanso e reparo, e os níveis de cortisol diminuem. Não dormir o suficiente significa que nosso corpo está exposto a níveis continuamente elevados de cortisol, o que pode desencadear em espinhas”, explica Zeichner.

Semelhante ao que acontece durante momentos estressantes, os hormônios liberados pelo cortisol podem se ligar às glândulas sebáceas, favorecendo o surgimento de acne. A solução é simples: dormir cerca de seis a oito horas por noite.

Produtos de cabelo

Sulfatos e agentes hidratantes presentes nos produtos de cabelo — e até mesmo em alguns produtos corporais e faciais — podem obstruir os poros e causar erupções no rosto, no peito, nas costas, ao longo da linha do cabelo ou no couro cabeludo, diz  Samantha Wright.

Para evitar, vale aderir a produtos capilares sem sulfato. A dica é afastar o cabelo do corpo e do rosto ao usar máscaras hidratantes e condicionadores, e ao enxaguar, inclinar a cabeça para o lado para evitar o contato do produto com a pele.

Suor pós-treino

Deixar de tomar banho logo após malhar ou não lavar o rosto permite que a mistura de produtos, maquiagem, sujeira, bactérias, óleo e suor cause erupções e poros entupidos. 

Antes de começar o treino, lave o rosto para tirar a maquiagem. Após finalizar os exercícios, tome um banho. Se não tiver tempo, use um lenço facial com solução micelar — isso ajuda a limpar, mas não substitui uma ducha.

Alimentação

A alimentação influencia em todos os aspectos da saúde, e não é diferente com a pele. Segundo o dermatologista Jeanine Downie, tomates e pimentas, por exemplo, contêm licopeno ácido — um irritante um tanto comum que pode alterar os níveis de pH da pele e provocar erupções ao redor da boca. Algumas pessoas ainda têm reação a laticínios, glúten ou outros tipos de alimentos. Manter a alimentação saudável, livre de produtos industrializados, é a melhor opção.

Vícios e demais hábitos não-saudáveis

Fumar e consumir bebidas alcoólicas são hábitos que prejudicam a saúde da pele e, além de favorecem a desidratação e o surgimento de acnes, aceleram o envelhecimento. O sedentarismo e o estresse também são fatores contribuintes. 

 

PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | ISTOÉ

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados.

Desenvolvido por Cidade Portal