Goioerê, terça-feira, 18 de junho de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE
16/02/2019

Anime-se! O Senhor é contigo - Pr. Pedro R. Artigas

Anime-se! O Senhor é contigo - Pr. Pedro R. Artigas

Anime-se! O Senhor é contigo

Pr. Pedro R. Artigas

 

No livro de Josué, logo no primeiro capítulo encontramos a palavra de Deus para Josué, dando-lhe instruções de como deveria agir, agora que era o líder de todo povo. "Seja forte e corajoso, porque você con­duzirá este povo para herdar a terra que prometi sob juramento aos seus antepassados”, um ensinamento que podemos traduzir como “anime-se! Eu sou contigo”.

Não sabemos a idade exata de Josué, mas os melhores estudiosos afirmam que ele deveria estar entre 70 e 80 anos quando Moisés morreu, e ele é indicado como líder do povo. 

Também se acredita que deva ter sido treinado no exército do Faraó, antes da saída e devido ao seu treinamento e ao seu fervor por Deus tenha sido escolhido por Moisés para auxiliá-lo durante a jornada. Foi escolhido para ser um dos espias a observar a Terra Prometida e de lá voltar e com Calebe irem contra todos os outros espias ao afirmar as maravilhas lá encontradas.

São muitas as vitórias e as lições aprendidas junto à Moisés na caminhada pelo deserto em direção a Terra Prometida, como também como bom observador percebeu os muitos milagres operados por Deus durante os 40 anos de caminhada. Junto a Moisés, também viu a Lei chegar ao povo, e como Moisés desceu da montanha com seu rosto coberto pela shekina de Deus.

Então não é de estranhar que ao entrar na Terra Prometida por Deus ele receba as orientações de como ser mais abençoado. Na palavra de Deus vemos que Ele recomenda que Josué seja forte e corajoso para conduzir o povo pela nova terra, pois haveria grandes guerras, o espaço precisava ser conquistado, não era um lugar onde estaria tudo preparado e pronto para recebê-los, assim como também não temos nós em nossa vida nada preparado e pronto nos esperando como algo fácil de ser atingido.

“Somente seja forte e muito corajoso! Tenha o cuidado de obedecer a toda a lei que o meu servo Moisés ordenou a você; não se desvie dela, nem para a direita nem para a esquerda, para que você seja bem-sucedido por onde quer que andar”. Novamente Deus repete no versículo próximo à mesma palavra, mas agora acrescenta que Josué deveria ter o cuidado de obedecer a toda lei e que não deveria se desviar nem para a direita ou esquerda, e que seria bem-sucedido. Nós hoje queremos ser bem-sucedidos, mas não queremos obedecer, acreditamos que podemos comprar de Deus as bênçãos e o sucesso. 

Não vemos como a obediência às suas leis podem nos tornar mais prósperos. Temos em nossas mentes que a palavra de Deus não se aplica ao sucesso ou a prosperidade simplesmente pela obediência e constância. Mas o próximo versículo deste primeiro capitulo do livro de Josué quebra essa nossa arrogância pela obediência: “Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos pros­perarão e você será bem-sucedido”.

O ato de falar desta lei nos leva então a um outro ponto. É necessário estudar  e também para compreender todo seu significado, é necessário que tiremos um tempo para “ruminar”, ou seja nos aquietar e sem falar pensar no que lemos até que a compreensão se torne algo normal em nós. Mas aí entra um problema, não gostamos de ler e muito menos de tirar um tempo para meditar. Ainda esta semana ouvindo os discursos na Câmara Federal uma deputada pelo Rio de Janeiro, afirmou que ela nunca em sua vida havia lido um livro!!!. 

Ora se nunca leu um livro também nunca leu uma linha da Bíblia, como ela pode então saber o que está assinando e legislando para todo o povo brasileiro? Esse é nosso problema, não conhecemos nosso código de ética, de vida, de conhecimento de Deus, então como queremos ser abençoados? Comprando através de nossas caridades? Comprando através de nossas promessas? Deus ensina a Josué como deveria fazer para poder liderar o povo e ter seus caminhos prósperos e bem-sucedido em tudo que fizesse. 

Essa mesma lei se aplica a nós nos dias de hoje. Prosperidade não é somente material, mas espiritual também, quanto mais conhecimento tivermos de Deus e de suas leis, mais prósperos seremos, pois, suas bênçãos nos acompanharão em todo o tempo. Comecemos a ler e procurar entender suas leis. E isto não se consegue indo à igreja somente nos finais de semana, mas também frequentando as reuniões de estudo da Palavra. Shalom.

Fonte: Pr. Pedro R. Artigas

Pr. Pedro R Artigas

Pr. Pedro R Artigas

Escreve sobre Contato Pastoral

Pedro Rivadavia Artigas 

Pastor Metodista formado em 1985 pelo CEMETRE 

Especializado em Aconselhamento Familiar 

Formado em Técnico Químico em 1969 - Colégio Osvaldo Cruz - SP 

Especialização em Marketing pela ADVB - SP em 1974 

Atualmente aposentado Cultivando Orquídeas

Ler mais notícias

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal